A volta do Brasileirão - Um prêmio a desonestidade

A volta do Brasileirão - Um prêmio a desonestidade

Fala Tricolor,

 

Rogério Caboclo, presidente da CBF, disse em entrevista que o Brasileirão 2020 começará em 09 de agosto.

E os clubes que cumpriram todas as orientações dos orgãos competentes durante a pandemia, caso do São Paulo, serão prejudicados.

Explico:

Foram mais de 100 dias com CT fechado e treinos à distancia para os atletas. É óbvio que esse tipo de atividade era mais pra evitar a inatividade total do que para manter o ritmo de uma temporada normal.

Os treinos voltaram em 01/07, seguindo as recomendações e após a liberação dos governos do estado e da cidade de São Paulo. O tempo de afastamento foi equivalente a 3 vezes mais que um periodo de férias "normal". 

Agora imagine, quando os atletas voltam das férias para o inicio da temporada é necessário no mínimo 1 mês de preparação. E agora CBF, isso não será respeitado?

Fora essa corrida contra o tempo para preparar a equipe para o ínicio do Brasileirão deste ano, ainda tem o término do campeonato paulista. Que se respeitado o tempo de preparação deveria voltar em 01/08, ou seja, mais de 5 jogos em menos de 10 dias após um periodo de mais de 100 dias parados. 

Longe disso tudo tem as equipes que não seguiram o recomendado e mantiveram seus treinamentos durante a pandemia ou que voltaram antes da liberação, casos de Atlético Mineiro e Flamengo. Estes terão clara vantagem física e técnicas no começo da campeonato.

Mais uma vez a CBF mostrando que por aqui não vale a pena ser honesto..

 

Vamos aguardar a cena dos próximos capitulos..

 

 

 

Post AnteriorPodcats Soberanos EP.2 - Negociações Bizarras
Próximo PostFinal Libertadores 2005 - Os Gols narrados pelo Rádio